O Programa Minha Casa, Minha Vida teve seu teto ampliado: saiba o que mudou

No dia 06 de Fevereiro o governo anunciou a ampliação do teto do programa Minha Casa, Minha Vida. Com este aumento, poderão participar do programa habitacional famílias com renda mensal de até R$ 9 mil.

Antes dessa ampliação, o limite de renda para uma família ter direito a participar do Minha Casa, Minha Vida era de R$ 6,5 mil por mês.

Confira abaixo as novas faixas de renda para financiamentos:

  • Faixa 1: para famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil (não houve alteração);
  • Faixa 1,5: limite de renda mensal passa de R$ 2.350 para R$ 2,6 mil;
  • Faixa 2: limite de renda mensal passa de R$ 3,6 mil para R$ 4 mil;
  • Faixa 3: limite de renda mensal passa de R$ 6,5 mil para R$ 9 mil.

O Ministro das Cidades, Bruno Araújo, informou que as taxas de juros serão aplicadas da seguinte forma:

  • Faixa 1,5 fica mantida em 5% ao ano;
  • faixa 2 os juros cobrados continuam variando de 5,5% a 7% ao ano;
  • faixa 3 para renda de R$ 4 mil até R$ 7 mil mensais, a taxa cobrada se mantém em 8,16%. Já para a renda familiar entre R$ 7 mil e R$ 9 mil, os juros sobem para 9,16% ao ano.

tabela_renda_ampliada2

Dados: https://goo.gl/55ho3f